A SERRA

A Serra da Arada é uma das Serras do maciço da Gralheira, também chamado de cordilheira Arada-Freita ou Serra da Freita/Arada/Arestal/S. Macário. Os limites exatos de cada uma destas serras são discutíveis. E não é conhecido nenhum documento que trace estes limites exatamente. Freita e Arada tem aproximadamente a mesma altitude (o planalto), só o Arestal é cerca de 200 metros mais baixo. Alguns autores, como é o caso de Rochette Cordeiro (geomorfólogo da Universidade de Coimbra) considera que a serra é toda a mesma e que os nomes distintos advêm de pertencerem a distritos diferentes (Aveiro – Freita e Viseu – Arada). A professora Beatriz Valle Aguado considera tudo também o mesmo bloco e chama-lhe apenas Serra de Arada. Localmente as toponímias multiplicam-se ainda mais, chegando a haver autores que dividem a Serra da Arada em serras mais pequenas, considerando, por exemplo, a Serra da Gravia, a Sul e a Serra de Manhouce, a Sudoeste, entre outras.